top of page

Fui Despedido, e Agora? Conheça os Seus Direitos e os Próximos Passos

Ser despedido é uma experiência difícil e muitas vezes inesperada. No entanto, em Portugal, tal como noutros países, existem leis específicas que protegem os trabalhadores e estabelecem os seus direitos após um despedimento. Se se encontra nesta situação, é crucial que entenda os seus direitos e os passos que deve seguir.



1. Entenda o Tipo de Despedimento


Em Portugal, o despedimento pode ocorrer por várias razões, incluindo justa causa, extinção do posto de trabalho, ou inadaptação. Cada tipo tem diferentes implicações para o empregado:


  • Justa Causa: Normalmente relacionada com uma violação grave das responsabilidades do trabalhador. Nestes casos, o empregador não é obrigado a pagar indemnizações ou aviso prévio.

  • Extinção do Posto de Trabalho: Ocorre quando um posto é eliminado. O trabalhador tem direito a receber compensação e aviso prévio.

  • Inadaptação: Relacionada com a falta de adequação do trabalhador às funções que está a desempenhar.


2. Direitos Básicos Após Despedimento


  • Compensação: Dependendo do tipo de despedimento, poderá ter direito a uma compensação. Em casos de extinção do posto de trabalho ou inadaptação, são devidas compensações calculadas com base no salário e no tempo de serviço.

  • Aviso Prévio: Em determinadas circunstâncias, o empregador deve informar o trabalhador sobre o despedimento com antecedência.

  • Subsídio de Desemprego: Os trabalhadores que contribuem para a Segurança Social geralmente têm direito a receber subsídio de desemprego. As condições e o montante dependem do tempo de contribuição e do salário.


3. Procedimentos a Seguir


  • Documentação: Certifique-se de receber todos os documentos necessários do seu empregador, incluindo o certificado de trabalho e a declaração para o subsídio de desemprego.

  • Segurança Social: Visite o centro de emprego ou a Segurança Social para informar-se sobre o subsídio de desemprego e outras ajudas às quais pode ter direito.

  • Consulte um Advogado: Se acredita que o despedimento foi injusto ou que os seus direitos não estão a ser respeitados, consultar um advogado especializado em direito do trabalho é essencial.


4. Mantenha-se Ativo e Atualizado


  • Formação Profissional: Procure cursos ou formações que possam melhorar as suas competências e perspetivas de emprego.

  • Rede de Contactos: Mantenha-se em contacto com colegas e profissionais da sua área; eles podem ser uma fonte valiosa de informação e oportunidades.

  • Saúde Mental: Ser despedido pode afetar a autoestima e a saúde mental. Procure apoio se sentir que precisa.


Conclusão


Ser despedido não é o fim da linha, mas sim um momento de transição que, com o apoio adequado e conhecimento dos seus direitos, pode conduzir a novas e gratificantes oportunidades. Em Portugal, a legislação laboral oferece um conjunto de proteções e benefícios que ajudam os trabalhadores a navegar neste período desafiante. Informe-se, prepare-se e encare este momento como uma oportunidade para crescer e evoluir na sua carreira.


Está a Navegar um Despedimento? Nós Podemos Ajudar!


Não enfrente este desafio sozinho. A equipa de MLT Lawyers está preparada para lhe oferecer a orientação e o suporte necessários neste momento difícil. Com uma vasta experiência em direito do trabalho e um compromisso com a excelência, estamos prontos para defender os seus direitos e encontrar a melhor solução para o seu caso.


Contacte-nos hoje para uma consulta! Juntos, podemos traçar um caminho para o seu próximo capítulo profissional.


Escolha o método mais conveniente para si. A sua nova jornada começa aqui!


📞 Ligue agora +351 931 198 747

✉️ Envie um email para info@mltportugal.com

📝 Submeta o nosso formulário de contacto para marcar a sua consulta.


Estamos aqui para simplificar as complexidades do direito português para si.

bottom of page